PUBLICIDADE

Como escrever um post no Blogger (+melhores práticas do Google)

25 maio 2019
Você é um novato no mundo dos blogs? Neste post abordarei sobre como escrever, formatar e otimizar um post no Blogger, a plataforma gratuita de blogs do Google.

Embora nosso painel seja bem simplificado, muitas coisinhas acabam passando despercebidas quando se está escrevendo o primeiro post. 

Como escrever um post no Blogger

Como escrever seu primeiro post no Blogger


Uma vez que você está logado no seu painel do Blogger, clique em Nova postagem, no quadrinho laranja.


Para começar, insira um título relevante e atraente para o seu post em Título da postagem. Ele deve dar aos leitores uma boa ideia do que se trata o post e também levá-los a querer ler mais. 

Eu costumo usar o Avaliador de Títulos SEO para confirmar se meus títulos estão nos tamanhos certos e escaneados para o Google. 

Um conselho do Google: crie títulos precisos!


Em suas dicas de melhores práticas, o Google pede que os editores criem títulos curtos e informativos, que descrevam com precisão o conteúdo da página e  soe de maneira natural.

Por isso, evite:
  • escrever títulos que não tenham relação com o conteúdo do post.
  • usar títulos vagos ou padrão.
  • usar títulos longos e de pouca utilidade para os usuários.
  • usar muitas palavras-chave desnecessárias.


Heading Tags no Blogger


Abaixo do título da postagem temos um pequeno menu com normal, título, subtítulo e título secundário. No início, eu ficava confusa quanto a importância destes termos e pode acontecer o mesmo com você!

Heading Tags no Blogger


Quando estamos desenvolvendo o artigo, escrevemos no modo normal. 

Os modos título, subtítulo e título secundário são as heading tags, que fazem parte de um aspecto mais técnico e extremamente importante para o SEO de um blog. Elas organizam a estrutura de um post, mostrando ao Google e aos leitores quais são as partes mais importantes do texto. 

Quando estamos escrevendo um post longo e é necessário dividi-lo em tópicos - para facilitar a compreensão do assunto - usamos as heading tags para escaneá-lo. 

Cada formato corresponde a um nível de “Heading tags”:

  • Título – H2
  • Subtítulo – H3
  • Título secundário – H4

A tag H1, a mais importante delas, automaticamente é aplicada ao título do artigo. Ao longo do texto são usadas as tags H2 em diante.

Vamos de exemplo?

Neste post, "Como escrever um post no Blogger (+melhores práticas do Google)" é o título geral e, por regra, é a tag H1. Enquanto "Como escrever o seu primeiro post no Blogger" é a tag H2, porque eu apliquei o modo "título", o qual voltei a repetir em "Heading tags no Blogger" para estruturar melhor o post.

Logo adiante, você verá "Adicionar ou remover um link", que é a minha tag H3, pois apliquei o modo "Subtítulo".

Como não irei me aprofundar neste assunto aqui, sugiro que leia o seguinte post:

Um conselho do Google: Imagine que você está redigindo um esboço!


Como se estivesse planejando a estrutura de um grande artigo, decida quais serão os tópicos e os subtópicos do conteúdo na página e onde usar as tags de cabeçalho adequadamente.

Adicionar ou remover um link


Para adicionar um link a um texto, como eu fiz no parágrafo anterior, selecione um texto e clique em Link. Em “este link deve redirecionar para que URL?" Adicione o link da página que você deseja levar o leitor.

Selecione a caixinha "abrir este link em uma nova janela" para que o leitor não saia da sua página quando clicá-lo.

Editar link no Blogger


Um conselho do Google: use links de maneira inteligente!


Os links na sua página podem ser internos (levando a outras páginas no blog) ou externos (levando a conteúdo em outros sites). Em ambos os casos, quanto melhor for o texto âncora (texto a ser exibido), mais fácil será para os usuários navegarem no site e para o Google entender do que trata a página vinculada.

Evite:
  • redigir textos âncora genéricos, como "página", "artigo" ou "clique aqui";
  • usar um texto que não aborda o tópico ou que não tem relação com o conteúdo da página vinculada;
  • redigir textos âncora longos, como uma frase extensa ou um parágrafo de texto.
  • usar textos âncora muitos extensos ou cheios de palavras-chave direcionados somente para os mecanismos de pesquisa;
  • criar links desnecessários que não ajudam na navegação do usuário pelo site.

Inserir imagem



Logo ao lado de Link, existe a opção Inserir imagem. 

As imagens realmente aprimoram o conteúdo de um post, porém, elas devem ser usadas com cautela, tendo em vista que podem prejudicar a experiência do visitante. 

Geralmente, as imagens são as que mais contribuem para o tamanho da página, o que pode tornar o carregamento dela lento. Por isso, sempre redimensione suas imagens antes de anexá-las na área de postagem. 

Se sua página suporta imagens com 700px de largura, não carregue imagens mais largas que isso, pois será um peso grande no carregamento. 

Dentro da área de postagem, você pode selecionar o tamanho da imagem para pequeno, médio, grande, muito grande ou tamanho original. Eu sempre uso o modo tamanho original para que a foto ocupe toda a largura do post! 

Ainda temos opções para alinhar à esquerda, centralizar ou alinhar à direita. Também é possível adicionar legenda!

Em propriedades temos “texto do título” e “texto alternativo”, duas partes importantes do uso de imagem. 

Propriedades de Imagem


  • Texto do título: texto usado para dar um título a imagem adicionada.
  • Texto alternativo: texto que descreve o contexto da imagem, ele é usado para melhorar a acessibilidade de pessoas que utilizam leitores de tela.

Um conselho do Google: Otimize suas imagens!



Ao escolher o texto alternativo, concentre-se na criação de conteúdo útil e informativo que use palavras-chave de maneira apropriada e esteja no contexto do conteúdo da página. Evite preencher os atributos alternativos com excesso de palavras-chave porque isso gera uma experiência do usuário negativa e pode fazer com que o site seja visto como spam. 

Evite:

  • Renomear suas imagens de maneira genérica, como "imagem1.jpg", "foto.gif", "1.jpg";
  • Criar nomes de arquivo muito extensos;
  • Usar palavras-chave demais no texto alternativo ou copiar e colar frases inteiras.
  • Texto alternativo muito longo que seria considerado spam;

Configurações de postagens: Marcadores



Quando são usados da maneira correta, os marcadores apresentam aos leitores vários outros artigos que tratam do mesmo tema.

Neste post, por exemplo, eu utilizei o marcador “Dicas para blog” e, se um leitor clicar nele, será redirecionado para uma página com o seguinte URL: 


Nesta página, ele verá todos os posts que levam ao mesmo marcador e, assim, continuará lendo.

É possível colocar um ou mais marcadores no mesmo artigo, dependendo da sua necessidade.

Link Permanente


Ainda nas configurações de postagens, temos o “Link permanente”, que é o endereço do seu post na web. Ao escrever o título do post, o link permanente é criado automaticamente, porém, você pode personalizá-lo.

Link permanente no Blogger


Eu sempre faço essa personalização para remover as Stop Words (palavras de parada – tradução livre) e deixar o link mais objetivo.

Um conselho do Google: URLs simples transmitem informações de conteúdo


Os visitantes podem se sentir intimidados por URLs demasiadamente longos, complexos e com palavras incomuns. Além disso, o URL de um post é exibido nos resultados da pesquisa, por isso, simplificá-lo o máximo possível é uma boa pratica.

Evite:
  • usar URLs longos
  • usar muitas palavras-chave, como "figurinhas-futebol-figurinhas-futebol-figurinhasfutebol.htm".

Descrição da pesquisa


Se você ativou as metatags em seu blog, logo abaixo de “local” verá “descrição da pesquisa”, também nas configurações de postagens. 

Descrição da pesquisa no Blogger


Nesta caixa, você escreverá a descrição do post, que pode ser uma ou mais frases ou um parágrafo curto. Esta metatag é muito importante, pois fornece ao Google (e a outros mecanismos de pesquisa) um resumo do conteúdo da página. 

Além disso, o Google pode usá-la como snippets para suas páginas!

Um conselho do Google: Resuma com precisão


Escreva uma descrição informativa e interessante para os usuários que vejam a metatag de descrição como snippet em um resultado da pesquisa. 

Evite: 
  • criar uma metatag de descrição não relacionada ao conteúdo da página;
  • usar descrições genéricas como "Esta é uma página da Web" ou "Página sobre figurinhas de futebol";
  • preencher a descrição somente com palavras-chave;
  • copiar e colar todo o conteúdo do documento na metatag de descrição.

TUDO FEITO? Clique em PUBLICAR, no quadrinho laranja que fica no topo da página!

Compartilhe este post para ajudar outras pessoas!

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

2 comentários:

  1. Faz tempo que não crio as descrições pros meus posts... Ano que vem, quero otimizar todos os posts do blog. Espero conseguir. Sei que vai dar um trabalho tremendo, mas vale a pena.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela postagem, me ajudou bastante. Uso o blogger há algum tempo, porém tem muita coisa que você citou que eu nem sabia pra que servia haha (:

    Entre "nós" pício

    ResponderExcluir

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores.
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Apreciamos educação!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana