PUBLICIDADE

Niacinamida para melasma, rosácea e acne — explicando o ingrediente!

10 outubro 2021

 A niacinamida é mais um daqueles ingredientes que saiu ganhou fama frente aos consumidores graças a The Ordinary. Mas você sabe para o que ela realmente serve?

O que é a Niacinamida:


niacinamida é a forma solúvel em água da vitamina B3. Ela é uma substância versátil que atua em diferentes problemas de pele, sendo um ingrediente estrela em cosméticos coreanos voltados para o clareamento de manchas.

Seus principais benefícios são:


  • Capacidade antioxidante
  • Regula a produção de sebo (concentrações em torno de 4%)
  • Melhora a função barreira da pele
  • Diminui a vermelhidão da pele
  • Reduz linhas finas
  • Previne e reduz a hiperpigmentação facial e axilar.

Esse ingrediente cosmético tem sido amplamente estudado e tem o mais alto nível de confiabilidade nos resultados desses estudos. Ou seja, possui evidências científicas que apoiam seus benefícios, desde a melhoria do tom de manchas da pele e a regulação da produção de sebo, até o controle do surgimento da acne e a reparação da barreira cutânea.

Niacinamida para melasma, rosácea e acne — explicando o ingrediente!




A niacinamida também é perfeitamente compatível com outros ingredientes frequentemente utilizados na rotina de cuidados com a pele, incluindo retinol, ácido glicólico, ácido salicílico, peptídeos, ácido hialurônico, vitamina C (sim!) e todos os tipos de antioxidantes.


Portanto, se você está iniciando a sua rotina de cuidados com a pele, buscar cosméticos com niacinamida pode ser o seu primeiro passo. 

1. Niacinamida como antioxidante:


Na realidade, a capacidade antioxidante da niacinamida ocorre através do aumento de NADPH na pele, que tem como função combater os efeitos prejudiciais das espécies reativas de oxigênio e radicais livres — moléculas instáveis que degradam o colágeno e são as maiores responsáveis pelo envelhecimento cutâneo!

2. Niacinamida e a melhora na função de barreira da pele:


Isso acontece porque a niacinamida estimula a síntese de lipídios (ceramidas) e proteínas (queratina e filagrina), que reduzem a vermelhidão, aumentam a hidratação da pele e, assim, reduzem a perda de água transepidérmica.

Isso não é apenas interessante para quem tem pele seca, mas também para a pele com dermatite atópicaxerose e em tratamentos de rosácea (concentrações entre 2-5%).

Para quem tem rosácea, é ainda mais interessante combinar a niacinamida com outro ingrediente, como ceramidas.


3. Niacinamida para o melasma:


A niacinamida apresenta eficácia comparável à hidroquinona no controle de manchas do melasma devido a sua capacidade de inibir a transferência de melanina dos melanócitos para os queratinócitos.

Ela não evita a formação do pigmento, e sim a dispersão desse pigmento para a superfície da pele, inibindo o escurecimento de manchas já existentes, deixando a sua pele mais iluminada.

Um estudo avaliando 27 pacientes com melasma demonstrou que a niacinamida a 4% foi tão eficaz no clareamento das manchas quanto a hidroquinona a 4%.

 

4. Niacinamida para a pele oleosa e com acne:


Esse ingrediente é ainda benéfico para a pele oleosa e acneica, pois reduz a produção de sebo e controla o surgimento da acne.

Uma triagem clínica duplo-cega, realizada em 2013 com 60 voluntários com acne vulgar leve à moderada, considerou que um gel com niacinamida a 5% é um tratamento apropriado devido às suas propriedades anti-inflamatórias, que podem auxiliar na redução do eritema, e aos seus efeitos clareadores, que podem auxiliar na redução da hiperpigmentação pós-acne.

5. Niacinamida na redução de linhas finas:


Em um pequeno estudo do International Journal of Cosmetic Science, pesquisadores pediram a 50 mulheres brancas entre 40 e 60 anos para usar um hidratante de 5% de niacinamida na metade do rosto. Ele foi aplicado duas vezes por dia, e um hidratante placebo foi aplicado na outra metade da face.

Após oito semanas, os pesquisadores observaram uma redução no aparecimento de linhas finas no lado do rosto das mulheres que usavam niacinamida em comparação com o outro lado. Também houve redução no amarelamento da pele!

Posso usar Niacinamida e vitamina C juntas?


Vários sites afirmam que não devemos combinar o uso da niacinamida com a vitamina C porque pode gerar dois problemas: (1) ambos ingredientes perdem a eficácia, (2) pode gerar uma substância indesejada que leva à vermelhidão da pele (ácido nicotínico).

O impulso para essa ideia partiu de dois lados:

  • Da indicação feita pela The Ordinary para não misturar seus produtos que contenham vitamina C e niacinamida;
  • De estudos datados em 1960 que mostram incompatibilidade entre niacinamida e vitamina c;

Esses estudos foram desconsiderados desde o início porque usaram formas não estabilizadas de ambos os ingredientes, e em fórmulas modernas de cosméticos eles são estabilizados devido suas particularidades:

a niacinamida é um ingrediente resistente a luz e ao ar, enquanto a vitamina c (pura) é instável a essas condições. A niacinamida precisa ser formulada em um pH mais alto (neutro). Por outro lado, a vitamina c é melhor em uma fórmula de pH baixo (ácido).

Você pode encontrar uma explicação mais técnica e detalhada no post “Can you use Niacinamide and Vitamin C (Ascorbic Acid) together?” do formulador cosmético Stephen Alain Ko.

ácido nicotínico é um problema apenas quando a niacinamida e a vitamina C são combinadas em um ambiente de temperatura muito alta, por um longo tempo. Temperatura essa que não é encontrada em ambientes domésticos nem se os produtos ficassem dias expostos ao sol!

Então, sim, você pode usar niacinamida e vitamina c juntas, seja no mesmo produto ou em produtos separados e obter múltiplos benefícios para a sua pele.

Niacinamida Principia Skincare:



Um sérum de niacinamida com ótimo custo-benefício é o da Principia Skincare, que traz niacinamida em uma concentração de 10% e Zinco PCA a 1%. Essa combinação é especialmente indicada para prevenir o aparecimento de manchas, clarear manchas existentes, controlar os níveis de oleosidade e melhorar o viço da pele. 

Sérum Niacinamida Principia Skincare


Considero ele um primo brasileiro do The Ordinary Niacinamide 10% + Zinc 1% que, embora seja extremamente acessível na moeda de origem (5.90 USD), no Brasil não conseguimos comprar por menos de R$90,00 — enquanto o sérum da Principia custa R$54,00.

Ambas as fórmulas são minimalistas e parecidas (não iguais!). Fiz uma comparação dos ingredientes na imagem abaixo, marcando em negrito aqueles que estão presentes nos dois produtos:

Niacinamida Principia e The Ordinary

A consistência da niacinamida da Principia é líquida e leve, sendo suficiente de 2-4 gotas para espalhar em todo o rosto. 

Você pode usar seu sérum de niacinamida na rotina da manhã, antes do protetor solar, e aproveitar suas propriedades antioxidantes durante o dia. Pode, ainda, usá-la na etapa de tratamento noturno, logo após a higienização completa da pele!

Bibliografia:

Draelos ZD, Matsubara A, Smiles K. The effect of 2% niacinamide on facial sebum production. J Cosmet Laser Ther. 2006 Jun;8(2):96-101.

Niacinamide-containing facial moisturizer improves skin barrier and benefits subjects with rosacea. Draelos ZD1, Ertel K, Berge C.

http://kindofstephen.com/can-you-use-niacinamide-and-vitamin-c-ascorbic/

http://www.paulaschoice.com/cosmetic-ingredient-dictionary/definition/niacinamide

Hakozaki T, Minwalla L, Zhuang J, Chhoa M, Matsubara A, Miyamoto K, Greatens A, Hillebrand GG, Bissett DL, Boissy RE. The effect of niacinamide on reducing cutaneous pigmentation and suppression of melanosome transfer. Br J Dermatol. 2002 Jul;147(1):20-31.

Dicionário de ingredientes para cosmética e cuidados com a pele | 3° edição norte-americana 

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Compartilhe este post para ajudar na divulgação!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

Resenha: espuma de banho Yspa — pele cheirosa e macia!

14 setembro 2021

A hora do banho é o meu momento favorito do dia, por isso, sou do tipo de pessoa que adora conhecer produtos para tomar um banho perfumado, e ficar com a pele cheirosa mesmo sem usar perfume.

Ainda assim, prezo para que, além de cheirosa, a pele permaneça limpa e hidratada, sem resquícios de qualquer ressecamento causado pelo sabonete, afinal, skincare não é apenas no rosto, mas na pele de todo o corpo — e esse cuidado começa logo no banho!

A espuma de banho Yspa é um item de skincare corporal que reúne tudo o que eu aprecio: limpa sem ressecar, e mantém a pele hidratada e perfumada por várias horas.

Resenha espuma de banho Yspa

Espuma de banho Yspa



Essa espuma de banho é um produto multifuncional: limpa, suaviza, perfuma e hidrata a pele. Ela tem uma consistência bastante cremosa, igual chantilly — acho extremamente satisfatório colocá-la nas mãos e espalhá-la pelo corpo!

Com toque sedoso, Yspa limpa sem agredir a pele, mantendo a hidratação adequada, além de proporcionar maciez e um perfume muito gostoso para o corpo.

Aliás, o perfume dessa espuma de banho é o que mais surpreende: as notas de flor de Jasmim com amêndoas exalam por todo o banheiro quando a espuma entra em contato com a nossa pele, e o cheiro permanece quando saímos do banho. É uma fragrância doce e sofisticada, que lembra mais um perfume do que sabonete.


Resenha espuma de banho Yspa


Como usar a espuma de banho Yspa?


Umedeça o corpo, pressione a válvula mantendo a embalagem na posição vertical e aplique o produto sobre a palma da mão. Espalhe a espuma pelo corpo com movimentos circulares e suaves. Para remover, enxágue com água.

Não é necessário usar banheira. Apenas aplique a espuma na palma da mão e tome seu banho de seda!

Como sabonete, Yspa cumpre bem o seu papel, pois a fórmula conta com surfactantes, os ingredientes desengordurantes utilizados em produtos de higiene.

Quanto à hidratação, imediatamente após massagear a espuma sobre a pele o toque fica macio, como se tivesse realmente aplicado um creme hidratante.

Além de multifuncional, considero a espuma de banho Yspa muito prática: se precisar tomar um banho rápido e não tiver tempo para aplicar um hidratante na pele, Yspa cumprirá as duas funções. E, se você não gosta do sensorial deixado por cremes hidratantes convencionais, ela é uma ótima opção.

Resenha espuma de banho Yspa


A espuma Yspa também pode ser usada como mousse de depilação, porque facilita o deslize da lâmina e imediatamente deixa a pele macia, evitando a irritação pós-depilação. 

Particularmente, achei o resultado melhor do que quando uso condicionador para essa função, pois não irritou em nada a minha pele e não precisei utilizar nenhuma loção calmante/hidratante depois.


A embalagem traz 150ml de produto, e a duração varia de acordo com a quantidade utilizada individualmente. Geralmente não utilizo muito produto, pois a espuma rende bastante. Ela pode ser comprada no site da marca yspa.com.br por R$89,00.

Yspa foi uma experiência completamente nova para a hora do meu banho, e agora não ficarei mais sem. Para ficar ainda melhor, só falta um creme hidratante corporal com a mesma fragrância, porque eu me apaixonei de verdade!

Tem alguma dúvida ou sugestão? Pode deixar nos comentários!

Compartilhe este post para ajudar na divulgação!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

Ácido Mandélico para acne e manchas — como usar?

08 setembro 2021
O ácido mandélico é o alfa-hidroxiácido (AHA) de maior peso molecular, por isso é absorvido lentamente pela pele, sendo bem tolerado por peles sensibilizadas.

Ele é quimicamente semelhante ao ácido salicílico, apresenta ação antisséptica já comprovada cientificamente, e tem várias aplicações cosméticas, especialmente no clareamento de manchas e combate a espinhas.

Para que serve o ácido mandélico:


O ácido mandélico é tradicionalmente utilizado na indústria dermatológica para o tratamento de diversos problemas de pele, mas principalmente porque ajuda a prevenir e controlar a acne, devido a sua ação bactericida.

Alguns estudos já demonstraram que este ácido tem eficácia significativa na melhora das lesões inflamatórias e não inflamatórias da acne e nas manchas pós-acne.

Para que serve o ácido mandélico


Como o ácido mandélico age:


Devido a sua ação bactericida, o ácido mandélico age durante o processo infeccioso da acne:

  • Combate as bactérias (proprionibacterium acnes) que formam esse processo;
  • Evita a proliferação de novas bactérias;
  • Acelera a cicatrização do quadro de acne existente;
  • Auxilia na prevenção de lesões e coopera para o tratamento de possíveis sequelas pós-acne.
Quanto ao clareamento de manchas, isso acontece porque o ácido mandélico inibe a síntese da melanina e remove a melanina já depositada na superfície da epiderme.

Como usar o Ácido Mandélico?


Existem duas maneiras de usá-lo na pele: primeiro, em um peeling químico de ácido mandélico com um profissional habilitado. Em segundo lugar, por meio de cosméticos para uso em casa, como cremes, géis e séruns!

No entanto, para tirar o máximo de um cosmético com ácido mandélico e, assim, obter todos os seus benefícios no combate a manchas e acne, existem algumas considerações que devem ser tomadas em conta. São elas:

  1. A concentração é importante;
  2. Os resultados não são imediatos;

1. A concentração de ácido mandélico definirá sua ação na pele



A ação de um ácido está relacionada à concentração, ao tamanho da molécula e ao pH do produto. O mesmo ácido pode oferecer diferentes níveis de tolerância, ações e resultados quando a sua concentração muda em diferentes formulações cosméticas.

Para trabalhar como um esfoliante, o ácido mandélico deve estar em concentrações maiores que 20% — o que não é permitido pela ANVISA em produtos de uso doméstico, para tal, a concentração é limitada a 10%.

Em concentrações de até 10%, o ácido mandélico não atua causando descamação e dissolução da queratina na camada córnea, por isso promove uma esfoliação extremamente suave.


Para que serve o ácido mandélico



2. Os resultados não são imediatos!


Sim, você pode sentir uma melhora rápida na textura da pele ao utilizar um produto com ácido mandélico. No entanto, se você tem como objetivo clarear manchas e reduzir o quadro de acne, é necessário esperar algumas semanas para que os resultados comecem a aparecer.

Lá no início eu mencionei que o ácido mandélico atua na melanina já depositada na superfície da epiderme, ou seja, da camada mais externa da pele. Se as suas manchas são profundas — onde os pigmentos são liberados da derme até a epiderme — utilizar um ácido que atua apenas na primeira camada da pele não afetará essas manchas em nada.

Lembre-se que o efeito de curto ou longo prazo depende, sobretudo, da concentração e formato do produto cosmético. A ação de um gel de limpeza com ácido mandélico não é a mesma de um sérum com o ativo em alta concentração, por exemplo.

Quando e com que frequência o ácido mandélico deve ser aplicado?


Se você nunca utilizou ácidos e está começando com o ácido mandélico da Creamy, por exemplo, que conta com a concentração de 7%, use-o em noites alternadas, sob a pele limpa e observe a tolerância.

Usou durante alguns dias e notou que a sua pele reagiu bem? Sem ressecamento, sensibilidade ou surto de novas espinhas? Então pode usá-lo todas as noites, sem esquecer do protetor solar no dia seguinte!

Usou todo o ácido da Creamy, sentiu bons resultados e quer o ácido mandélico em uma concentração maior? A Principia tem um sérum com 10% de ácido mandélico, ótimo para dar um plus no seu tratamento.


Pode ser combinado com outros ingredientes?



Sim, o ácido mandélico pode ser combinado com ingredientes hidratantes, antioxidantes e até mesmo outros AHAs (em dias alternados).

Se além de manchas e espinhas você também sofre com o excesso de oleosidade e cravos, alternar entre o ácido salicílico e mandélico é uma boa combinação.

O ácido salicílico é um beta-hidroxiácido solúvel em gordura, ou seja, tem facilidade para difundir-se em um meio gorduroso e dissolver o sebo que entope os poros — algo que o ácido mandélico não consegue fazer, pois, é solúvel em água e atua apenas na epiderme.

 

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Compartilhe este post para ajudar na divulgação!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

5 dicas para ter mais salvamentos nos posts do Instagram

02 setembro 2021
Os algoritmos do Instagram usam diferentes métricas de engajamento para decidir quais posts serão exibidos no topo do feed e quais vão aparecer no explorar, incluindo visualizações, curtidas, comentários, salvamentos e visitas ao perfil.

No explorar, as curtidas, os salvamentos e as visitas ao perfil são ainda mais importantes, pois sinalizam o quão popular, interessante e de qualidade o post é.

Portanto, projetar seus posts para que eles sejam salvos é fundamental para que a sua conta seja visível no topo da página inicial dos seus seguidores e alcance novas pessoas indo para o explorar.

Afinal, isso é o que você quer alcançar:

  1. Ter mais salvamentos
  2. Aparecer na página explorar
  3. Alcançar pessoas além dos seus seguidores
  4. Aumentar as visitas ao seu perfil
  5. Ganhar novos seguidores

Então, como ter mais salvamentos no Instagram? Abaixo eu te dou algumas dicas!


Como ter mais salvamentos no Instagram?




1. Planeje o tipo de conteúdo que vai publicar:


Existem algumas categorias de conteúdo compartilhados no Instagram que recebem um engajamento melhor quando comparados a simples imagens. São eles:

  1. Posts educativos
  2. Comparações
  3. Infográficos
  4. Frases inspiradoras

a) Posts educativos


Ajudar seus seguidores a aprender algo é uma maneira infalível de obter salvamentos instantâneos em seus posts. Você agregará valor às suas vidas dando-lhes informações que podem solucionar um problema.

Dicas, truques rápidos e guias no estilo passo a passo são exemplos de posts educativos que você pode criar dentro do seu nicho e obter mais engajamento.

Exemplo: se você atua no nicho da nutrição, publicar sobre como reduzir a retenção de líquido” seria um ótimo post educativo. No google, o termo “retenção de líquido” tem entre 10mil e 100mil pesquisas mensais, ou seja, público para o assunto não falta!

Independente do tópico que você decidir abordar em seu post educacional, certifique-se de realizar boas pesquisas e incluir informações ainda mais completas do que as da sua concorrência. Isso deixará seu post mais valioso e mais digno de ser salvo — e até compartilhado!


b) Comparações


Como humanos, naturalmente adoramos comparar as coisas. Posts neste estilo são ótimos para ajudar o público a tirar dúvidas e tomar decisões — não importa o nicho — e consequentemente gerar mais salvamentos.

Exemplo: como um criador de conteúdo sobre finanças pessoais, você pode fazer uma comparação entre os dois melhores bancos para abrir uma conta poupança, listando as principais vantagens e diferenças entre ambos.


c) Infográficos


Infográficos são extremamente visuais, pois utilizam ilustrações, ícones, dados e estatísticas para transmitir alguma informação. Eles são impactantes e eficazes para transformar assuntos complexos em explicações simples, por isso são líderes quando o assunto é gerar engajamento.

Devido a sua natureza, não recebem apenas muitos salvamentos, mas também são extremamente compartilhados, curtidos e comentados.


d) Frases inspiradoras


Citações motivacionais são endêmicas nas mídias sociais desde a época do Orkut. Hoje, o Facebook, Instagram e Pinterest continuam cheios delas — inclusive, a equipe de marketing do Pinterest nos informou que essa é uma das categorias mais pesquisadas pelos usuários brasileiros na plataforma.

As pessoas costumam reagir positivamente a essas citações e esse formato é indiscutivelmente projetado para ser compartilhado e salvado, pois tendemos a compartilhar coisas que estimulam nossas emoções.

Apesar disso, as frases motivacionais não devem ser prioridade máxima na sua estratégia de conteúdo, porque quando não são usadas estrategicamente elas podem fazer a sua conta parecer um pouco boba. 

Se você presta um serviço e posta trechos inspiradores genéricos, um após o outro, pode fazer as pessoas questionarem seu profissionalismo.

Além disso, os seus posts de valor podem se perder na desordem criada por todas as frases inspiradoras. Você quer mais engajamento e novos seguidores, mas quer que esses seguidores cheguem pelo valor real do seu conteúdo, e não porque a sua conta é um espaço “positivo”.

Aqui estão algumas dicas para usar esse tipo de conteúdo corretamente:

  • Poste esporadicamente citações que tenham conexões com a proposta da sua conta.
  • Tenha um propósito com a citação que compartilhará e endosse-o na legenda. Não queira apenas aumentar o seu engajamento!
  • Seja único. Não copie e cole as citações que todos do seu nicho estão postando.

2. Aposte no formato carrossel


De acordo com o Hootsuite, os posts em formato de carrossel do Instagram têm, em média, 1.4x mais alcance e 3.1x mais engajamento do que os posts regulares

A razão do maior engajamento está na vantagem que os carrosséis recebem:

Suponha que uma pessoa vê a capa do post, mas não se envolve com ele, não curte, não comenta, simplesmente ignora e segue rolando o feed.

Na próxima vez que essa pessoa atualizar a página inicial, o instagram mostrará seu post novamente, mas não a capa, e sim a imagem que vem a seguir dela — e assim sucessivamente, até que o envolvimento aconteça.

Isso é uma ótima maneira de dar mais visibilidade ao seu conteúdo sem você precisar realizar algum esforço extra após publicá-lo!

Ao planejar seus carrosséis, pense neles como um livro infantil: a capa é extremamente atrativa, o título é criativo e cada página tem uma mensagem curta, mas significativa. Seu objetivo deve ser manter os espectadores viciados e com vontade de deslizar para observar o conteúdo de cada imagem!

3. Faça o seu melhor design


Com todo o seu post planejado e a parte escrita pronta, é hora de dar o seu melhor ao passar toda a ideia para o design. Afinal, você pode ter o melhor conteúdo, mas se o design não conseguir primeiro chamar atenção e depois passar a mensagem para o receptor, seu objetivo — mais salvamentos  não será alcançado.

Se você entrou na internet após 2013, com certeza já leu ou ouviu alguém falar do Canva (https://www.canva.com/pt_br/), portanto, sabe que não é preciso ser um designer gráfico profissional para criar lindos designs para posts do Instagram.

O Canva tem centenas de modelos prontos e elementos (gratuitos e pagos) que você pode usar para criar um post atraente para o seu feed. Especialmente no Canva Pro você encontra ilustrações perfeitas e modelos ainda mais exclusivos. Todos os meus posts são criados do zero utilizando a versão paga!

5 dicas para ter mais salvamentos nos posts do Instagram
No post “Como criar posts para o Instagram no Canva” eu separei algumas dicas que utilizo e que podem te ajudar nas suas criações.

4. Escreva legendas que envolvam o público


Você pode utilizar o espaço da legenda para acrescentar uma informação que não foi passada na imagem do post e, assim, dar mais um motivo para seu público salvar o conteúdo. Se durante o refinamento das informações para o design você achar que tem texto demais, pode utilizá-lo na legenda!

Suponhamos que o título do seu post é “6 dicas para diminuir a retenção de líquido”, no subtítulo da capa você pode adicionar “mais uma dica bônus na legenda!” e dar essa informação extra na legenda.

O importante é nunca negligenciar a legenda escrevendo-a de qualquer jeito, afinal, ela também é parte do conteúdo principal. Quando escrita corretamente, ela consegue incentivar seus seguidores a se envolverem!

5. Não tenha medo de utilizar hashtags!


O máximo de hashtags permitidas por posts no instagram são 30. Você encontrará pessoas dizendo que devemos utilizar apenas 3, outros recomendarão 10 ou 15. 

Quer crescer sua conta sem pagar publicidade? Utilize as 30, pois cada hashtag é uma oportunidade de alcançar centenas de novas pessoas organicamente! Se o seu post ficar marcado como relevante em pelo menos 1 delas o seu alcance será ainda melhor. 

➡ Leia meu post onde explico melhor sobre elas: Como dobrar seu alcance usando hashtags no Instagram

5 dicas para ter mais salvamentos nos posts do Instagram


Não tenha medo de experimentar e ser criativo com suas ideias. Com o tempo, você aprenderá quais categorias de conteúdo ressoam melhor com seu público e quais hashtags são mais adequadas para a sua conta. Logo ficará expert em planejar e criar posts que sempre recebem bastante salvamentos!

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, basta deixar um comentário!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog
A fonte utilizada na primeira imagem do post é: Untold Story
© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana