PUBLICIDADE

Como fugir do excesso de gastos e poupar algum dinheiro?

23 setembro 2022
Cada vez mais os modernos meios de comunicação incentivam, direta ou indiretamente, o comportamento consumista. Seja na TV, na sua caixa de e-mail, rolando o instagram ou vendo vídeos no TikTok, o conteúdo produzido está sempre te mostrando algo incrível — e até mesmo inútil — que você precisa ter em casa.

De fato, não existe vida sem consumo. O consumo pode nos proporcionar conforto, melhora a qualidade de vida, movimenta a economia e gera empregos. No entanto, o consumo exagerado é o empurrãozinho para o desequilíbrio financeiro.


Então, como fugir do excesso de gastos e poupar algum dinheiro? Esse desafio pode ser vencido com uma combinação de estratégias práticas e compreensão emocional. Confira 5 dicas!


Como poupar dinheiro

1. Conheça seus hábitos de consumo:



Por que você consome?

Educação financeira não é somente aprender sobre gestão de dinheiro e controle orçamentário. Trata-se de uma mudança que exige reflexão sobre como você se relaciona com suas necessidades, escolhas e hábitos de consumo, para então adquirir consciência e mudar alguns comportamentos.

Por isso, te convido a fazer a seguinte reflexão: 

Seus hábitos de consumo são conscientes ou acompanham modismos e preferências dos ambientes que você frequenta? Você conhece os impactos que as suas decisões de gastos têm em suas finanças?

Em “ambientes que você frequenta” também podemos dizer “conteúdos que você consome”. Você compra algo porque REALMENTE precisa ou é pela influência de aplicativos como o TikTok?

Pense na sua última compra e no que a motivou: necessidade ou desejo? Aliviar o estresse do dia? Entrar na moda?

Refletir sobre as suas motivações para o ato do consumo é o primeiro passo para mudar a sua relação com o dinheiro e evitar compras desnecessárias!

2. Identifique suas fraquezas:



Queremos acabar com os gastos excessivos, então, devemos descobrir onde gastamos mais dinheiro.


Fazer um controle mensal de gastos, registrando toda saída de dinheiro (por menor que seja), vai te ajudar a identificar gastos excessivos que não são reconhecidos, mas que fazem um buraco no seu orçamento — a maioria das pessoas descobrem que é com delivery e serviços de assinatura!

+ Aqui no blog já tem um post exclusivamente sobre esse assunto, sugiro a leitura: Como usar uma folha de controle de gastos


3. Faça um planejamento de compras


Dos itens mais baratos aos mais caros, sempre planeje as suas próximas compras. Liste as coisas que você quer, classificando as prioridades (necessidade vs. vontade) e identifique o preço de cada item.

A nossa folha de planejamento de compras pode te ajudar nesta etapa. Ela é grátis, basta baixar, imprimir e utilizar. 


Planejamento de compras para imprimir


4. Utilize programas de cashback



Provavelmente você faz parte do time que sempre realiza compras online. Já pensou ganhar dinheiro de volta por cada uma dessas compras?

Assim como pequenos gastos fazem diferença no orçamento, pequenas quantias de dinheiro de volta também. 

Pense comigo: quanto você teria guardado se tivesse recebido cashback por cada compra online que fez nos últimos 12 meses? Eu já ganhei R$324,70 e tenho esse dinheiro poupado!

Para quem não sabe, programas de cashabck funcionam assim: você paga o valor total da sua compra, mas o programa devolve uma pequena porcentagem do dinheiro.

Tem programas de cashback para todos os gostos e necessidades. Eu utilizo o Cuponomia, que tem parceiros em diversos segmentos e te dá logo R$5,00 assim que você realiza o cadastro através deste link https://www.cuponomia.com.br/

A maioria das minhas compras online são no segmento de cosméticos e beleza — principalmente no site da Eudora, onde já cheguei a receber R$39,31 de cashabck.

Para o cashback valer, é necessário realizar as suas compras através dos links do cuponomia. Então, sempre que for realizar uma nova compra on-line, vá até o site, busque a loja que pretende realizar a compra e veja se há cashabck disponível:

Como fugir do excesso de gastos e poupar algum dinheiro?

5. Estabeleça metas financeiras claras



Quando você se depara com um dinheiro extra, qual a sua primeira atitude? Seja sincera! 

Quer logo gastar, sem pensar duas vezes sobre os impactos na sua vida financeira? Então, esse comportamento caracteriza justamente o conceito de consumismo desenfreado.

Quando você não tem um objetivo específico, é bem provável que gaste descontroladamente, afinal, é muito mais atraente gastar o dinheiro que sobra em coisas divertidas do que poupá-lo apenas por poupar, sem nenhuma meta. Por isso é tão importante criar metas financeiras claras!

Não tenha como meta “poupar dinheiro”, isso é muito vago!

Em vez disso, especifique a meta e torne-a mensurável. Por exemplo: 

Eu quero criar uma reserva de emergência e ter R$1.000 poupados em 12 meses.

Com a meta claramente estabelecida, defina os meios que serão utilizados para atingi-la. Um post que vai te ajudar com isso: Como fazer um planejamento para tingir uma meta


Continue a leitura no blog:

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, basta deixar um comentário!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores.
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Apreciamos educação!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana