Publicidade

Como montar um Plano de Contas pessoal ou familiar (em 2 passos simples)

13 fevereiro 2019
Tudo o que você compra, vende, recebe ou paga é chamado de conta. Suas contas te ajudam a visualizar a situação financeira em que se encontra. Elas te mostram se está diminuindo as despesas e aumentando a receita, ou vice-versa. 

Ter essa visão é importantíssimo para quem quer sair do vermelho, controlar sua vida financeira e realizar seus sonhos. O problema é que grande parte dos brasileiros perde o controle quando se trata de dinheiro, não conseguem analisar suas finanças por falta de conhecimento e não sabem por onde começar. 

Se você se encontra perdido com relação às dívidas, não sabe de onde surgem os gastos e para onde vai o seu dinheiro, neste post vamos te ajudar! 

Como montar um Plano de Contas pessoal ou familiar (em 2 passos simples)

Como montar um Plano de Contas pessoal ou familiar 

(em 2 passos simples)


| Autora: Amanda Severo - Técnica em Administração pela instituição Senac/Linhares |

Trouxemos o Plano de Contas, ferramenta utilizada por empresas para orientar a análise da situação econômico-financeira de forma padronizada, mas que pode ser adaptada para o âmbito pessoal, ou ser utilizada até mesmo por autônomos que precisam se organizar financeiramente.

Mas o que é um Plano de Contas? 


De maneira simples, um plano de contas trata-se de fazer uma lista de todas as suas contas, mas de uma forma padronizada e organizada, permitindo uma fácil visualização e noção do destino que o seu dinheiro leva. 

Através dele é possível observar todas as suas contas. E, assim, se organizar para dar início aos seus projetos pessoais, como fazer aquela viagem ou comprar o tão sonhado carro.

Como fazer um Plano de Contas?


O objetivo desse post é facilitar a organização da sua vida financeira, por esse motivo, não vamos sugerir o uso de aplicativos ou programas de computador. A ideia é que você o faça manualmente. Mas se tiver habilidade com planilhas, pode utilizá-las.


1° passo: Separe suas contas em duas categorias 

Inicialmente, para facilitar a elaboração do seu Plano de Contas, faça apenas um rascunho, anotando todas as suas contas, lembrando que não é somente aquilo que você paga, mas também o que você recebe. Em seguida, separe-as de acordo com as seguintes categorias: receitas e despesas. 

Toda maneira de entrar dinheiro na sua casa, corresponderá às receitas. Já tudo aquilo que faz seu dinheiro sair são as despesas

+ Dica: Se você já tem o hábito de anotar suas movimentações financeiras, esse passo será muito mais fácil, pois já tem entendimento do que são seus ganhos e gastos. Mas, para quem não tem, pode optar por utilizar por pelo menos 1 mês uma outra ferramenta, chamada de Movimento do Caixa, a fim de se familiarizar com sua vida financeira e não acrescentar informações desnecessárias ao seu plano.
Relacionado: Como ganhar dinheiro usando o Canva

2° passo: Separe as categorias em subcategorias

Cada categoria terá subcategorias, que serão determinadas por você. Pois, um plano de contas deve atender as suas necessidades, portanto, não há um modelo definitivo, mas sim, adaptável a sua realidade.

Continua após a publicidade


Para fazer essa divisão reúna as contas que são parecidas. O ideal é que você as descreva com clareza, a fim de não ter dúvidas na hora de analisá-las.

Veja um exemplo de um Plano de Contas Pessoal Mensal:


Como montar um Plano de Contas pessoal ou familiar (em 2 passos simples)

+ Dica: Se você tem muitas receitas e despesas, ou possui uma família grande, faça um plano detalhado, a fim de tornar a observação das suas contas mais fácil. Mas tome cuidado para não o deixar confuso e você se perder na hora de analisar. 

Lembre-se que seu plano precisa corresponder ao seu ritmo de vida. Portanto, elabore-o de acordo com a sua realidade e necessidade.

Você pode optar por elaborar um plano de contas mensal, trimestral, semestral ou anual. Entretanto, certifique-se de que seja modificável, pois ele está sujeito a sofrer alterações com um tempo.

Por que eu devo ter um Plano de Contas? 

Com um plano de contas em mãos, você consegue observar com clareza de onde vem o seu dinheiro e para onde ele está indo e, assim, pode controlá-lo melhor. Quando se organiza todas as contas, é mais fácil ver quais são desnecessárias no seu dia a dia, eliminando-as e dando prioridade ao que realmente importa. 

Dessa forma, ao longo do tempo, contas que são irrelevantes vão desaparecer e aquelas que representam a realização dos seus sonhos, surgirão. Assim, vai perceber o quanto está evoluindo com relação a cuidar do seu dinheiro, podendo repassar a ideia para outras pessoas, mostrando a elas o impacto positivo proporcionado em sua vida. 


Compartilhe esse post para ajudar na divulgação!

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores.
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Apreciamos educação!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana