PUBLICIDADE

Esfoliar o rosto clareia manchas?

20 abril 2021
Esfoliação é o ato de remover as impurezas e células mortas da camada mais externa da pele, através de mecanismos físicos, químicos ou enzimáticos, tendo como objetivo promover a renovação celular, além de proporcionar melhoria nas funções naturais de proteção e hidratação da pele.  

Por que devemos esfoliar o rosto?


Como regra geral, a esfoliação é recomendada antes dos 30 anos e indispensável após esta idade:

Na pele jovem, as células queratinizadas (que já não possuem vitalidade) são eliminadas facilmente através da renovação celular, que é um processo natural. Porém, na pele madura, essas células mortas acumulam-se na superfície cutânea, tornando a pele mais espessa e desidratada. Esse espessamento também torna os tratamentos utilizados menos eficazes, pois a barreira que eles devem atravessar para alcançar tecidos alvo é muito mais grossa.

Se somarmos a isso a poluição acumulada ao longo do dia, os efeitos dos raios UV, micróbios e bactérias, ainda notaremos o surgimento de manchas e perda de elasticidade. 

Portanto, se faz necessário esfoliar o rosto para a obtenção de uma pele sempre saudável!

Essa etapa traz diversos benefícios para a saúde e estética da cútis, pois afina e uniformiza a camada córnea para facilitar a aplicação e a permeação de ativos cosméticos, resultando no clareamento de manchasmelhora na textura e suavização de rugas finas.

Esfoliar o rosto clareia manchas e limpa os poros!


Quais tipos de esfoliações existem?


Os esfoliações atuam por mecanismo físico, químico e biológico/enzimático.

✓ Esfoliação física: age por método mecânico de arraste de células através de substâncias abrasivas como sílica, microesferas de jojoba, argila, semente de damasco, microgrânulos de polietileno e sementes de maracujá. Este tipo de esfoliação é mais superficial!


✓ Esfoliação química: atua por meio de agentes químicos que, dependendo da concentração, pH do produto e associações de substâncias, podem penetrar nas diferentes subcamadas da epiderme e acelerar o processo de esfoliação natural. Os ativos mais utilizados em esfoliantes químicos cosméticos são: ácido glicólico, ácido lático e ácido salicílico.

✓ Esfoliação enzimática: age como esfoliantes químicos, porém, no lugar de ácidos, utiliza-se enzimas proteolíticas (como a papaína) que, quando entram em contato com a pele, quebram proteínas como a queratina e, através disso, favorecem o processo de renovação celular e a estimulação da formação de fibras colágenas.

Qual tipo de esfoliante eu devo usar?


Se a sua pele estiver áspera ao toque e com oleosidade excessiva, você pode optar por esfoliantes físicos, pois possuem uma ação mais superficial e ajudarão a manter a limpeza da pele.

No entanto, se além de oleosidade e pele áspera você tem problemas com manchas e pontos negros, opte por esfoliações químicas, pois limparão completamente e diminuirão a quantidade de melanina depositada na superfície da pele.

Para ter um conhecimento básico e essencial sobre o assunto, sugiro a leitura do post: Como usar alfa-hidroxiácidos nos cuidados da pele

Depois de esfoliar o rosto, o que fazer?


Deve-se sempre realizar uma boa hidratação após a esfoliação. Durante esse processo, além das células mortas, também nos livramos da oleosidade protetora natural que a nossa pele produz, por isso é necessário repor essa barreira.

A aplicação do protetor solar torna-se ainda mais importante depois de esfoliantes (principalmente químicos), devido ao estado altamente sensível em que a pele é deixada!


Posso esfoliar o rosto com borra de café ou açúcar?


Embora seja popular, usar borra de café ou açúcar como esfoliante não é indicado, já que os grãozinhos possuem bordas irregulares que podem causar microlesões e irritações na pele. É como esfregar uma lixa no rosto!

Em um nível microscópico, essas microlesões podem causar danos à parte da epiderme que tem vitalidade: o estrato de granuloso.

A sua pele é capaz de se recuperar de um dano, mas se você passa a esfregá-la com café ou açúcar continuamente, semana após semana, passará da conta. Especialmente se você já tem uma certa idade, sofre de melasma ou tem manchas crônicas em seu rosto, pois pode desenvolver uma resposta inflamatória.

Esfoliantes físicos, principalmente aqueles destinados ao cuidado da pele do rosto, devem ser suaves, portanto, deve haver cautela com o tamanho e a morfologia das partículas utilizadas!

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Compartilhe este post para ajudar na divulgação!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

5 comentários:

  1. Olá! gostaria de saber qual fonte usou nessa imagem.

    ResponderExcluir
  2. Mel e açúcar e bom pra esfoliação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é recomendado usar açúcar como esfoliante, devido as bordas irregulares dos grânulos que podem causar microlesões na pele.

      Excluir
  3. Muito boas as dicas, como sempre o seus posts são ótimos.Obrigado.Abraçoss

    ResponderExcluir

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores.
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Apreciamos educação!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana