Um papo sobre blog, comparações, perfeccionismo e confiança!

12 setembro 2017
Tudo iniciou em 2014, parece até que foi ontem! Tem sido uma jornada um tanto quanto surpreendente, e olhando para trás eu vejo o quanto eu evoluí e como posso ir ainda mais longe. Incontáveis vezes durante esse tempo eu achei que meu blog não era bom o suficiente, não compartilhava nada sobre ele entre amigos e familiares, e mencionar que o tinha já foi extremamente desconfortável. Você também pensa assim? Deixa eu te dizer que você deve parar agora, se orgulhar do que a gente faz nos leva a outros horizontes!

Conselhos para quem deseja criar um blog


Começarei falando do meu maior erro, as comparações. Eu percebi que me comparar com os outros - em todos os sentidos - é uma das minhas maiores falhas, e quando finalmente aceitei que essas comparações tinham um efeito negativo em minha vida, inclusive como blogueira, eu disse para mim mesma que precisava me livrar delas. Não é fácil, é uma luta interna diária, mas a gente fica mais leve quando começa se policiar em relação à isso!


Passava horas lendo outros blogs, curtindo e comentando em outros perfis no instagram, e sempre me pegava dizendo que nunca chegaria naquele nível. É isso mesmo, eu não me dava nenhum crédito! Mesmo empenhando tanta dedicação, planejando coisas novas, estudando e tentando melhorar todos os dias, eu não acreditava em mim. E nisso cometemos mais um erro, principalmente na vida pessoal, diariamente nos colocamos para baixo e não temos amor ao falar de nós mesmos!

Você pode fazer algo por você, então faça isso: Eu sou capaz; Eu sou forte; Eu sou bonita; Eu sou corajosa; Eu sou inteligente.

Mais um erro, o perfeccionismo. A perfeição é a doença da nação, e que doença horrível! Queremos um nome perfeito para o blog, um layout perfeito, fotos perfeitas, look, make e cabelo perfeito (para as fotos), escrita perfeita, tudo perfeito. E esquecemos de um detalhe: ninguém é perfeito. Eu tenho em mente que somos um projeto em andamento, temos muito o que trabalhar, mudar e melhorar, e isso não é apenas em relação a um blog, é para tudo nessa vida.

Queremos um nome perfeito para o blog, um layout perfeito, fotos perfeitas, look, make e cabelo perfeito (para as fotos), escrita perfeita, tudo perfeito.


Quando eu comecei em 2014, tinha só um notebook, minha vontade de ter um blog e eu. Eu não sabia nada em relação a blogs, além de criar um, escrever e publicar. O Simples Bella, que nem era esse o nome na época, era apenas a minha válvula de escape da vida real, pois no ano anterior eu tinha mudado de estado (de Alagoas para o Espírito Santo) e minha adaptação foi lerda, não tinha amigos (e ainda hoje não tenho) e minha vida se resumia em escola e casa, apenas. Era uma garota de 16 anos que passou a vida até então em cidade pequena, numa região calma, e agora teria que se acostumar em uma cidade relativamente grande e extremamente violenta em relação a cidade anterior. Mas minha história de vida não vem ao caso...

Na linguagem de quem entende do assunto, meu blog tinha tudo para ser um blog fracassado, sem visitas e sem parceiros: hospedado numa plataforma grátis, sem domínio e layout próprio, e fotos feitas com uma câmera digital (bem velha por sinal). Mas eu nunca acreditei nisso, eu sei o que eu almejo e o que estou fazendo para alcançar isso, e todos os dias tenho uma prova para reafirmar!

Até aqui eu quero pedir para que você pare de se comparar, deixe de lado a acomodação, preguiça e vitimismo, se formos esperar condições perfeitas para fazer algo, nunca vamos fazer. E eu fiz muito isso, usava a desculpa de ter uma câmera velha para não tentar coisas novas, e quando eu finalmente arrisquei vi o quão errada eu estava, e como é bacana sair da nossa zona de conforto.

Comece onde você está, use o que você tem, faça o que você pode.

Neste mês de Setembro o Simples Bella completa três anos de atividade, e eu pensava que não, mas ele mudou a minha vida. O nível que eu dizia logo no início que não alcançaria, eu alcancei! Eu não sou famosa (e nem pretendo), não tiro minha renda desse blog - inclusive, não tenho renda, faço parte da estatística de milhões de desempregados -, mas tenho dezenas de pessoas que gostam do que eu faço, parceiros que confiam em mim, ajudo muita gente e o principal: amo o que eu faço, coloco dedicação em cada detalhe. O que pode ser pouco para uns, é de extremo valor para mim!

Um papo sobre blog, comparações, perfeccionismo e confiança!

Se eu pudesse dar um conselho à quem está iniciando agora, eu diria que comece, independente das suas condições e motivos para criar um blog. Não espere aprender tudo logo de imediato, com o passar do tempo a nossa voz muda (forma de comunicação com quem lê), seu blog muda, tudo muda. E que bom, né? Não sufoque o seu crescimento e não bloqueie seu início achando que não consegue, que o blog da Joana e o da Juliana são melhor que o seu, ou que você nunca fará fotos bonitas iguais as da Marcela.

Valorize e comemore suas pequenas conquistas, lembre com carinho do trabalho que você teve para alcançar determinado objetivo. Não espere o incentivo de ninguém, para nada, nunca. Se seus amigos ou familiares não estão sendo solidários, fale com eles sobre importância do seu blog para você, eles podem não fazer nada, mas estarão fazendo muito se não tirarem de você a vontade de blogar.

Pare de se colocar para baixo e de ser tão critica em relação à você e o que você faz!


ME ACOMPANHE:

❤ Simples Bella (Facebook) || @simplesbellablog || Simples Bella (Pinterest) ❤

16 comentários:

  1. ARRASOU! Que post maravilhoso Nanda, o que mais me pegou foi a parte da comparação, acho que isso acontece com todas, se comparar com a coleginha e achar que o seu não é suficiente ou que não é tão bom quanto. Devemos sim parar com isso, e eu estou na fase de lutar para colocar um fim nessas comparações.

    Super Beijos!
    www.pausapracriatividade.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Juliane! ❤ Parece que a gente já nasce com isso, né? Insiste em se comparar e sempre se achar inferior. Você vai conseguir, você é única e eu amo seu blog!
      Beijos ❤

      Excluir
  2. Eu sempre me comparo, há uns meses consegui parar e estava indo bem mas quando do nada eu escuto aquela voz que vive sussurrando mesmo você ignorando "desista porque isso não é para todas e você não faz parte disso, vai ser mais um fracasso apenas porque investir em algo que nunca vai te dar retorno?"... Foi um tiro, já desisti de um sonho e isso sempre me persegue, desistir de novo era algo que não aguentaria mais. Poderia estar "feliz", estar bem mas não estava completa. Mesmo que nunca tenha o retorno que espero eu não posso deixar de acreditar, isso me motiva e me faz feliz. Eu sumi das redes e nem falei o motivo mas era esse, eu tinha decidido a não escrever mais. "Porque perder meu tempo com fantasmas?" Foram as 3 semanas mais difíceis da minha vida, chega a doer a alma porque matar um amor é uma dor insuportável, eu amo blogar e por isso nesta semana decidi voltar mesmo sabendo que talvez nunca chegue onde gostaria através disso, é uma terapia para mim e amo fazer isso pelo menos me ocupa a cabeça e como dizem "mente vazia oficina do diabo" é verdade, o blog me ajuda a superar minha depressão e essas 3 semanas ter tomado essa decisão me fez regredir muito. Estou voltando ao que amo fazer, não pelo dinheiro nem fama, mas estar bem e feliz é o meu sucesso.

    Amo seu trabalho Nanda não me canso de falar isso, te admiro muito e torço muito por você (desculpa pelo desabafo enorme x.x). Obrigada pelo seu post, me animou :)

    http://www.manequim-alternativo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certa vez eu estava decidida a parar de vez, não via mais sentido. Até que fiquei sem computador por 2 semanas, durante esse tempo fiquei sem contato com o blog e fiquei extremamente angustiada, nesse tempo eu percebi que blogar já faz parte de mim, me dá prazer, aqui eu consigo ser eu mesma. É por isso que a gente se sente mal quando larga um pouco, é o nosso sonho, não podemos e nem devemos matar isso. Continue, faça o que você gosta que virá até mais do que você almeja! ❤
      Muito obrigada pelo carinho ❤-❤

      Excluir
  3. Eu amei o texto Nanda! Você é referência pra mim desde que criei meu blog e conheci o seu logo em seguida. Me peguei pensando que eu odeio que as pessoas me comparem, mas eu fazia isso o tempo todo... Como pode? Hoje eu me libertei disso e só me preocupo como está o MEU, e nao o dos outros e isso dá uma leveza danada kk Arrasou Nanda ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE HONRA saber disso! ❤ É controverso, né? A gente odeia que façam isso, mas fazemos o tempo todo! rs

      Excluir
  4. TEM COMO CURTIR UM MILHÃO DE VEZES???❤️❤️❤️
    Querida você falou tudo, tudo que muitas pessoas precisam para dar continuidade ao seu sonho.
    Eu posterguei criar um blog ou alguma rede social para falar de moda, por 10 anos, posterguei por que tinha medo do que as pessoas iam achar, se iam curtir, se iam me aceitar.
    Hoje comecei com meu Instagram voltado para look do dia, e coisinhas do meu dia a dia, e não me arrependo nenhum segundo, se soubesse que me sentiria tão feliz, teria feito antes.
    Milhões de seguidores, parceiros e até fama... Haa, isso vem com o tempo, quando você menos esperar, e menos pensar.
    Parabéns pelo texto, parabéns pelas palavras colocadas tão certeiras ������������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A realização de fazer o que a gente gosta e ser nós mesmos não tem preço! ❤
      Muito obrigada pelo comentário, e fico imensamente feliz que tenha gostado!

      Excluir
  5. Uhuu, parabéns pelo aniver do blog! Eu adoro teu trabalho, se morasse no ES ia ser tua amiga <3 As tuas fotos ficam lindas e eu adoro te acompanhar por aqui e pelo Insta. A gente tem que aprender a se comparar menos, é quase inevitável, mas tão melhor. Comparação só nos deixa com sentimento de fracassados, mas não somos, de jeito nenhum ;D

    Beijinhosss
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós agradecemos! ❤ Aaah, eu adoraria ser tua amiga! *-* Eu nem tenho palavras mais para agradecer tanto carinho da sua parte ❤❤❤ BEIJOS

      Excluir
  6. Arrasou em tudo! Realmente, começar é difícil e com certeza no início nos deparamos "nos comparando" com outras pessoas e seus sucessos com nossos insucessos. Isso é péssimo mesmo! Eu mesma já fiz isso incontáveis vezes. Até hoje às vezes me pego analisando outros blogs, canais, contas de instagram, mas hj consigo acordar mais rápido e "me tocar" logo e partir pros meus afazeres kkkkkk Com certeza sem trabalho nunca chegaremos a lugar algum. A pessoa que a gente olha que tem sucesso hj, ontem podia estar no nosso lugar, ou pior! Mas persistiu, insistiu, aprendeu, trabalhou... Seus posts são maravilhosooosos! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Que post incrível, apenas li verdades e assim como você eu estou começando agora e atualmente me vejo sem computador porém dei início ainda que pelo celular mesmo com a câmera do celular e assim tenho me virado, parabéns pelo post é de grande incentivo para os iniciantes e para aqueles que se encontram desanimado. Eu tenho um blog ainda que tenho começado a pouco tempo tenho gostado bastante de compartilhar com as pessoas um pouco de mim e do universo no qual me interesso, se você quiser passar no blog seja muito bem vinda .

    https://brilhoentrerodas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do seu post! EU sou muito de me comparar e isso me causa uma imensa frustração! Mas temos que caminhar no nosso tempo, do nosso jeitinho! Um xero!

    ResponderExcluir
  9. Eu comecei em 2013, porém quem nunca passa por isso não é? Eu tinha um PC que era da minha irmã, usava a Net dela também, mas o meu problema é um desses que você citou, sempre acho que nunca vou conseguir, que ninguém lê, mas esse ano quero me organizar beeeeem mais e que 2018 seja o nosso ano. Adoro você Nanda

    ResponderExcluir
  10. Eu estou me curando disso. Ainda é difícil para mim não me comparar, mas me esforço. Ainda tenho vergonha de falar do meu blog, de divulgar para a família e amigos próximos. Por que né? Eu mesma nem sei responder. Ao mesmo tempo que quero crescer, fico parada na inércia da vergonha...

    www.caprichosamente.com

    ResponderExcluir
  11. Cirei um site e blog, mas não aparecem nas pesquisas do google. Exclui os dois, depois de um longo tempo tentando.

    ResponderExcluir

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores!
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio. Comente porque gostou e não para se promover. Comentários que contenham esse tipo de link serão removidos.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Deixe APENAS o link do seu blog para que eu possa conhecer. Comentários cheios de links também serão excluídos.
- Não ofenda nem desrespeite ninguém.
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana