PUBLICIDADE

Como professores podem usar o Pinterest para ganhar dinheiro – MÉTODO COMPROVADO!

18 agosto 2019
Hospedando milhares de ideias, o Pinterest oferece uma ampla gama de apoio e inspiração para professores, principalmente para os que atuam na educação infantil. Mas, indo além disso, você sabia que é possível usar esse mecanismo de pesquisa para fazer uma renda extra?

Como professores podem usar o Pinterest para ganhar dinheiro – MÉTODO COMPROVADO!



O que é Pinterest?


Embora seja chamado de rede social por muita gente, o Pinterest é, na verdade, um mecanismo de descoberta visual inteligente. Pense no Google, porém, em vez de exibir resultados em texto, o Pinterest exibe em imagens. 

Essas imagens são chamadas de Pins e podemos organizá-las em pastas. 

Com seu forte apelo visual, não é surpresa que o Pinterest seja tão popular entre os professores. Seu vasto conteúdo educacional é um recurso valioso e não é à toa que o termo “atividades para educação infantil” é tendência quase que diariamente – educadores realmente usam a plataforma com frequência.

Como professores podem usar o Pinterest para ganhar dinheiro – MÉTODO COMPROVADO!


E como eu posso ganhar dinheiro com o Pinterest?



Muitos profissionais encontram dificuldade em se manter com o salário atual de professor ou auxiliar de sala. Enquanto outros estão até mesmo desempregados. 

De acordo com a pesquisa Profissão Docente — levantamento feito na Educação Básica pelo Todos pela Educação, em parceria com Itaú Social e Ibope Inteligência, entre março e maio de 2018 — 29% dos professores exercem uma segunda atividade para complementar a renda. (Fonte: EXTRA)

E é com essa segunda atividade complementar que o Pinterest pode ajudar, sem fugir da sua área de atuação. Você pode usá-lo para ganhar dinheiro vendendo planos de aulas, planners, atividades e vários recursos para outros professores.


Aqui está uma pequena lista com alguns termos que são frequentemente pesquisados e que você pode transformar em produto para monetizar:

  1. Atividades para educação infantil
  2. Atividades de alfabetização
  3. Atividades berçário
  4. Atividades para alfabetizar
  5. Plano de aula para educação infantil
  6. Plano de aula ensino fundamental
  7. Plano de aula maternal
  8. Aulas de inglês
  9. Aulas de matemática (infantil) (fundamental) (ensino médio)
  10. Aula de português
  11. Aula de espanhol

Cases de Sucesso: Professores que usam o Pinterest para ganhar dinheiro!


Fora do Brasil, muitos professores já recorrem ao Pinterest para ganhar dinheiro extra. São os chamados "professores-empreendedores" e, em alguns casos, esse meio de renda extra se tornou tão lucrativo que decidiram abandonar seus empregos formais. 

Veja alguns casos divulgados na Sala de Imprensa do Pinterest:

April Smith | Yuma, Arizona



Por causa do tráfego que o Pinterest traz para o seu site Performing in Education, April Smith foi capaz de largar seu emprego como professora para administrar seu negócio, vendendo planos de aulas on-line em tempo integral. 

Em apenas alguns anos, cresceu para um negócio de seis dígitos, atingindo professores em todos os Estados Unidos e Canadá. April é especializada na criação de currículos exclusivos de aprendizado baseados em projetos que ela compartilha em sua conta no Pinterest para direcionar o tráfego de volta para o blog.

Jen Regan | Buffalo, New York



Jen Regan começou a vender planos de aula on-line em tempo integral após o nascimento de seu quarto filho. Ela cria materiais educacionais que variam de uma rápida atividade para depois da escola, a um currículo de ano inteiro. Com a ajuda do Pinterest, ela conseguiu direcionar tráfego suficiente para seu site, Two Little Birds , para manter as vendas regulares.

"Estou chegando perto de ganhar mais dinheiro com meus planos de aula do que fazendo como professora. Foi uma bênção para minha família porque posso trabalhar quando meus filhos estão dormindo.” - Jen Regan

Julie Bochese | Ponte Vedra, Florida


Julie Bochese largou o emprego de professora para dedicar-se em tempo integral à criação de recursos práticos para os professores. Ela agora ganha quatro vezes o salário que ganhava como professora do ensino fundamental.


Como eu posso começar?



Primeiro, se você não possui uma conta, crie uma. Organize todo o seu perfil e deixe-o profissionalmente apresentável: nome, foto nítida e biografia objetiva. 

Feito isso, crie algumas pastas dentro do seu nicho: educação. Você pode usar os termos populares que eu citei anteriormente como um ponto de partida. 

Então, comece a pinar – salvar – conteúdo em suas pastas.

Recomendo a leitura:

Ok, e como vou comercializar meus produtos?



Há duas maneiras principais:

  1. Crie um blog;
  2. Hospede o seu produto em alguma plataforma digital;


01. Criar um blog


Eu recomendo a criação de um blog para que o seu marketing seja mais efetivo. Nele você poderá compartilhar seus projetos, ideias, recursos e criar uma comunidade com outros professores. 

Não seria legal criar uma biblioteca de recursos com links úteis, artigos, conteúdo, atividades e compartilhá-los com educadores que ensinam a mesma série? 

Assim, será possível explorar a sua influência e ganhar confiança para vender os seus produtos! 

Neste caso, o Pinterest será responsável por levar pessoas até o seu blog. E, no blog, você será responsável por “vender o seu peixe”. 


02. Hospedar o produto



Criando um blog ou não, o seu produto precisará ser hospedado em alguma plataforma digital. Para vender meu e-book, por exemplo, eu uso a Hotmart, uma plataforma “gratuita” que processa os pagamentos e entrega o meu produto aos comparadores – a minha única preocupação é fazer o marketing.


Por que “gratuita”?


Porque realmente não pagamos nada para se cadastrar ou hospedar um produto, mas – como produtor - pagamos uma pequena tarifa por cada transação aprovada.

  • Para produtos com preço superior a R$ 10,00, a tarifa é de 9,90% + R$ 1,00.
  • Para produtos com preço inferior ou igual a R$ 10,00, o montante é de 20%.

Com o seu produto hospedado em uma plataforma segura, e com uma boa página de vendas, você até pode eliminar a ideia de criar um blog. Nesse caso, o Pinterest será responsável por levar pessoas diretamente a página de Checkout!

Conclusão:


Hoje, existem mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo que usam o Pinterest todos os meses, explore todas as oportunidades que a plataforma está oferecendo e mude sua vida!

Tem dúvidas ou sugestões? Pode deixar nos comentários!

Compartilhe este post para ajudar na divulgação!

Pegue mais dicas no Pinterest » Simples Bella
Me siga no Instagram » @simplesbellablog

Nota da autora: o Simples Bella não é patrocinado e não possui nenhum vínculo comercial com o Pinterest. Sua autora, Nanda Ferreira, está presente na plataforma como criadora de conteúdo e compartilha neste blog tudo que aprende sobre esse mecanismo de pesquisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores.
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Apreciamos educação!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!

© 2018 - Todos os direitos reservados Desenvolvido com amor, Lariz Santana